BM multa 15 instituições financeiras

Através da informação avançadas pelo jornal Opais, O Banco de Moçambique aplicou multas a 15 instituições financeiras que violaram as leis das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras e de prevenção e combate ao branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo.

A maior multa foi imposta ao Banco Único e é avaliada em 32 milhões de meticais e 800 mil meticais. As outras instituições multadas foram BCI, em 24 milhões e 200 mil meticais, Moza Banco, BIM e Barclays em 24 milhões de meticais cada, Banco Mais multado em 12 milhões e 300 mil meticais, UBA em 12 milhões, Capital Bank em três milhões e duzentos, Banco Oportunidade de Moçambique multado em 800 mil meticais, Ecobank em 700 mil meticais, Letsego em 150 mil meticais, Vodacom M-Pesa, Carteira Móvel e Cooperativa de Poupança e Crédito dos Produtores do Limpopo em 100 mil meticais e Banc ABC foi multado em 40 mil meticais.

As multas estão orçadas num valor de 158 milhões e 490 mil meticais e, de acordo com um comunicado do Banco de Moçambique, são referentes ao período de 201 a 2017.

Na descrição das contravenções que constam do comunicado do Banco de Moçambique o Banco Único, Moza Banco, BCI, BIM, Barclays, Banco Mais, UBA, Capital Bank e Banco Oportunidade infringiram a Lei de prevenção e combate ao branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo.

Já o Ecobank, Letsego, Vodacom M-Pesa, Carteira Móvel, Cooperativa de Poupança e Crédito dos Produtores do Limpopo infringiram a lei das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras, a par do Banco Único, BCI e Banco Mais já multadas por outra infracção.

fonte: Opais

One thought on “BM multa 15 instituições financeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *