Mcel e TDM oferecem 730 livros à Biblioteca Nacional

Mcel e TDM, Com vista a promover o acesso à informação e à cidadania responsável, bem como incentivar o gosto pela leitura, as empresas TDM (Telecomunicações de Moçambique) e mcel (Moçambique Celular) procederam à oferta, na quinta-feira, 17 de Maio, de um total de 730 livros à Biblioteca Nacional de Moçambique (BNM), acção inserida no âmbito da responsabilidade social e corporativa das duas empresas, que surge como resposta ao pedido de apoio formulado pela BNM, no contexto de uma campanha nacional de angariação de livros promovida pelo Ministério da Cultura e Turismo, que decorre de 23 de Abril a 26 de Agosto, sob o lema “Doar um livro é contribuir para a cidadania responsável e desenvolvimento sustentável”.

Intervindo na cerimónia, o Administrador Executivo da Mcel e TDM, Mário Albino, referiu que o apoio satisfaz a “preocupação que ambas instituições comungam quando o assunto é a promoção do desenvolvimento humano, através do fomento da literacia”, tendo acrescentado que “estimulamos a promoção literária e alargamos a nossa base de apoio à cultura moçambicana, no âmbito da missão que voluntariamente assumimos na qualidade de empresas moçambicanas”.

Num outro desenvolvimento, Mário Albino deixou garantias de que o apoio da Mcel e TDM à BNM não terminava apenas com este gesto, reiterando o compromisso para, de futuro, as duas empresas manterem a regularidade da participação na iniciativa, contribuindo, assim, para o reforço dos apoios à actividade literária no País.

Falando igualmente no evento, o director da BNM, Jorge Jairoce, agradeceu às duas empresas de telefonia pelo gesto, sobretudo por terem respondido positivamente à campanha promovida pelo Ministério da Cultura e Turismo.

Conforme referiu Jorge Jairoce, os 730 livros que a BNM recebeu, beneficiarão não só a biblioteca central, localizada na cidade de Maputo, mas também às 10 bibliotecas públicas provinciais e as 50 localizadas nos distritos.

“Uma das grandes dificuldades que temos, neste momento, é o apetrechamento das nossas bibliotecas com material bibliográfico e de outra natureza, facto que levou o ministério a lançar esta campanha, que tem por objectivo angariar livros para ajudar as bibliotecas públicas nacionais”, avançou.

Importa referir que esta cerimónia foi testemunhada pelo inspector-geral adjunto do Ministério da Cultura e Turismo, Carlitos Mesa Rupia, que, na ocasião, garantiu que o donativo da Mcel e TDM irá contribuir para a massificação do livro e da leitura no País, conforme prescrito no Plano Quinquenal do Governo.




Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *