Sergio Faife conta a história inédita da Laura após contrair HIV/SIDA

O apresentador televisivo Sergio Faife, postou uma foto em sua conta oficial de instagram com a Laura e escreveu, “Ela chama-se Laura, jovem e residente algures na Cidade de Maputo. Laura contraiu o vírus do HIV/SIDA como resultado de uma violação sexual perpetrada por quatro homens em 2003, um episódio que ela guardou consigo até 2018.

Após anos envolta em solidão, desespero e medo sobre o seu estado, Laura decidiu escrever recorrentes cartas ao Programa Sérgio Faife, mas sem sucesso nas repostas.
Num belo dia decidiu partilhar esse insucesso com a sua sobrinha que acabou conseguindo entrar em contacto com o apresentador do programa.

Feito isso, foi possível marcar um encontro com a Laura para que ela pudesse se fazer presente ao
programa, facto que aconteceu no passado mês de Maio.
Em pleno programa, Laura libertou-se dos tabús e do medo. De forma emocionada e em lágrimas, ela ‘quebrou o silêncio’ e partilhou a sua história com todos.
Naquele momento, de tudo fizemos para mudar o rumo da vida dela, tendo conseguido prover acompanhamento com um psicólogo e apoio para a realização de um curso de culinária. Igualmente, Laura teve a oportunidade de ser bem recebida pela ‘Associação Hixikanwe’ que trabalha com mulheres portadoras do vírus do HIV/SIDA.

Meses depois (Agosto), Laura fez-se novamente ao programa, dessa vez com um novo astral, animação e auto-estima em alta. Ou seja, a Laura mudou completamente nesses últimos três meses e meio.
Essa é a história da Laura, mas pode ser uma amostra de muitas outras. A vergonha e o medo de ‘quebrar o
silêncio’ não pode nos impedir de viver, afinal de contas a vida é feita de momentos bons e maus.


O que contamos acima é uma amostra clara que para além de divertir e alegrar, o Programa Sérgio Faife aposta em educar e liderar pelo exemplo de boas acções e actos de superação, queremos continuar a contar com todos nessa nobre missão.”





Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *